Flávio Briatore banido da F1

Postado por Projeto 2042 segunda-feira, 21 de setembro de 2009


 
Como eu tinha dito no post Piloto bate no muro pro outro vencer, a FIA, mais precisamente Max Mosley queria a cabeça de Flávio Briatore. E finalmente conseguiu. De todos os punidos Briatore foi o que pegou a punição mais pesada.

O julgamento do Conselho foi rápido, não durou duas horas. Os 26 membros da casa, que representa a instância máxima da FIA, ouviram os depoimentos referentes ao caso e deram o veredicto. Paty Symonds foi suspenso por cinco anos; a Renault foi suspensa, mas só vai cumprir a punição se cometer outra irregularidade, Nelsinho Piquet não participa da F1 em 2010 e Briatore foi banido da F-1 e de qualquer competição chancelada por ela. Não poderá entrar nos autódromos. Os pilotos que têm suas carreiras gerenciadas por ele terão de escolher outro manager se não suas superlicenças não serão emitidas ou renovadas. Ou seja, se tornou o vilão do caso do GP de Cingapura em 2008.

O presidente da FIA, Max Mosley, falou sobre a sentença dada à Renault:
- Nós demos a punição porque a equipe demonstrou que não teve responsabilidade no caso, e muito menos a empresa Renault. E, para Briatore, a pena foi de não poder mais se comprometer com as categorias da FIA.

Sobre Alonso, ele disse:
- Ele respondeu a todas as perguntas e demonstrou não ter nenhuma responsabilidade no caso

Agora quem diz sou eu.
- Parabéns Max Mosley conseguiu o que queria. Agora você já pode sair da F1 com aquele gostinho de vitória na boca.
Feed
Assine nosso Feed ou receba os artigos por email

0 Comentários

Postar um comentário

Posts Recentes