Dezenas de ônibus incendiados

Postado por Projeto 2042 segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Neste mês de Setembro, de acordo com o Setps (Sindicato das Empresas de Transporte de Transporte de Passageiros de Salvador), 16 ônibus já foram atacados. Motoristas, cobradores e passageiros estão bastante intimidados. O prejuízo para os empresários do setor já ultrapassou R$ 2,6 milhões. Um veículo para o transporte de passageiros custa, em média, R$ 220 mil.

A direção do Sindicato dos Rodoviários se reuniu nesta segunda-feira, dia 14, com Cezar Nunes, o secretário de Segurança Pública, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). Os rodoviários pediram mais policiamento para conter assaltos e esses ataques aos ônibus. Já foram registrados, só de janeiro a agosto de 2009, 1.200 assaltos a ônibus em Salvador, com nove mortes.

Os motoristas de ônibus já vivem sob pressão por ter de cumprir horário, enfrentar trânsito, e assaltos. Agora com essa onda de ataques a coletivos a situação complica mais ainda. Só este ano, onze rodoviários de Salvador foram encostados no INSS por problemas nervosos, causados por stress.

Tudo isso está acontecendo porque ao invés do dinheiro, obtido através dos impostos, ser investido em segurança e outras políticas públicas acaba indo para na "cueca" de algum político ou até mesmo servidor corrupto. Por mais que não nos agrade a péssima qualidade do transporte público, nós, usuários, temos que reconhecer que a vida de motorista/cobrador não é nada fácil, como vimos acima. Nessa luta para aumentar a segurança nos ônibus, não só ganha o motorista/cobrador, como também os passageiros. É preciso que as autoridades públicas tomem providências urgentes, principalmente prendendo estes marginais, para que a paz volte a reinar na capital da Bahia, que é de todos os santos.

Para mais informações acesse: ibahia.com
Feed
Assine nosso Feed ou receba os artigos por email

0 Comentários

Postar um comentário

Posts Recentes