A saga das sapatadas continua

Postado por Projeto 2042 sexta-feira, 2 de outubro de 2009


Surgiu mais um sapato voador! Só que não foi em Obama e também não foi o jornalista iraquiano Muntazer AL-Zaidi quem arremessou.

A mais nova saga das sapatadas ocorreu durante uma conferência de Strauss-Kahn, diretor do FMI, na Universidade Bilgi de Istambul, um dos atos prévios antes da reunião anual do FMI que acontecerá na próxima semana nesta cidade.

Quando a conferência estava terminando, o jovem turco Selcuk Ozbek jogou seu sapato e gritou: "FMI, fora da Turquia". O sapato quase não chegou ao palco onde estava Strauss-Kahn e não chegou a atingi-lo(vamos malhar um poquinho?). O diretor do FMI ainda brincou com a situação e disse: "o que é isso? Um sapato. Não é que seja precisamente bonito fazer isso".

Após a frustada tentativa e enquanto o jovem era rendido por policiais à paisana, vários estudantes aplaudiram a ação de protesto e tentaram, sem sucesso, colocar um cartaz com mensagens contra o FMI. O FMI não é bem visto pelos turcos, após ter imposto uma série de medidas liberais em troca de um programa de créditos que ajudou a Turquia a sair da crise econômica de 2001.

Em outros lugares de Istambul, diversos grupos de estudantes e militantes esquerdistas organizaram outros atos de protesto. Durante a realização da reunião anual do FMI e do Banco Mundial na próxima semana, está previsto um fórum alternativo de protesto contra as políticas neoliberais destas instituições financeiras.

Parece que a saga das sapatadas está longe de terminar. Então fica aqui o pedido. Gente por favor, antes de tacar uma sapatada em alguem, treine. Mas treine muito. Se você vai ser preso, que pelo menos acerte o alvo.
E para você quem será o próximo?
Feed
Assine nosso Feed ou receba os artigos por email

0 Comentários

Postar um comentário

Posts Recentes